LEIA TAMBÉM

O Fluminense vem sofrendo contra os pequenos no Campeonato Carioca. Já perdeu para Resende, Portuguesa-RJ e Volta Redonda, deixando escapar pontos preciosos na luta por vaga às semifinais. Nesta terça-feira, às 21h35, encara o lanterna Macaé com a obrigação de vitória. Um tropeço no Raulino Oliveira, em Volta Redonda, é tratado como inadmissível no clube.

Com 10 pontos, o Fluminense hoje estaria fora das semifinais. Para não ver a concorrência disparar, o técnico Roger Machado mais uma vez apostará num esquema ofensivo, com dois atacantes de beirada de campo ao lado de Fred. Luiz Henrique confirmado e Gabriel Teixeira, Kennedy ou Lucca terão a missão de servir o artilheiro.

Leia Também: Novo camisa 7 do Palmeiras, atacante Rony promete 'grande trabalho' na Argentina

Após somar somente um ponto dos últimos seis disputados, o time caiu para o sexto lugar e se vê obrigado a reagir imediatamente. "Lógico que nossa colocação preocupa. Carioca é um campeonato importante e temos que levar todo jogo a sério", adverte o goleiro Marcos Felipe. "Nossa equipe tem buscado se fortalecer, levantar um ao outro, mais motivação, ânimo, para que possamos conquistar esse campeonato."

Com o poder ofensivo definido, Roger terá importante volta de xerifão à defesa. Único titular ainda sem jogos em campo após passar os três últimos jogos em recuperação de dores musculares na coxa esquerda, Luccas Claro faz sua estreia na temporada.

continua depois da publicidade

continue lendo

O defensor, que não levou nenhum cartão amarelo no Brasileirão, formará a dupla de titulares com Nino. Seu retorno ocorre num momento providencial, já que o experiente Matheus Ferraz sofreu grave lesão no joelho e para por um bom tempo.

A nova defesa, além de melhorar o sistema defensivo, aumenta também o poder ofensivo do Fluminense. Luccas Claro e Nino adoram se aventurar ao ataque e vira e mexe andam anotando seus gols de cabeça. Como Nenê é preciso nas bolas paradas, faltas e escanteios viram uma arma a mais ao time de Roger Machado com a zaga artilheira.

Sem nenhuma vitória no Carioca, o Macaé optou pela dispensa do técnico Charles de Almeida. Dário Lourenço está de volta ao comando do clube e espera findar com o jejum de triunfos para ainda sonhar em escapar do rebaixamento.

Com seis derrotas e um empate no estadual, só um milagre salva o time da queda. Para isso, pontuar diante do Fluminense é necessário. Apesar das deficiências da equipe, Dário Lourenço aposta no discurso de superação para motivar seus jogadores. O zagueiro Álvaro cumpriu suspensão e está de volta.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE – Marcos Felipe; Calegari (Samuel Xavier), Nino, Luccas Claro e Danilo Barcelos (Egídio); Martinelli, Yago (Wellington) e Nenê; Luiz Henrique, Lucca (Gabriel Teixeira ou Kennedy) e Fred. Técnico – Roger Machado.

MACAÉ – Milton; Pedro, Álvaro, Dante e Taira; Fábio, Wagner, Marquinho e Rossales; Pimpão e Lopeu. Técnico – Dário Lourenço.

ÁRBITRO – Philip Georg Bennett.

LOCAL – Raulino de Oliveira, em Volta Redonda.

HORÁRIO – 21h35.